Editorial
27 de Fevereiro de 2016
3° Domingo da Quaresma
Primeira leitura - Ex 3,1-8a.13-15
 
Leitura do Livro do Êxodo   
 
Naqueles dias,
Moisés apascentava o rebanho de Jetro, seu sogro,
sacerdote de Madiã.
Levou um dia, o rebanho deserto adentro
e chegou ao monte de Deus, o Horeb.
Apareceu-lhe o anjo do Senhor numa chama de fogo,
do meio de uma sarça.
Moisés notou que a sarça estava em chamas,
mas não se consumia, e disse consigo:
“Vou aproximar-me desta visão extraordinária,
para ver porque a sarça não se consome”.
O Senhor viu que Moisés se aproximava para observar
e chamou-o do meio da sarça, dizendo: “Moisés! Moisés!”
Ele respondeu: “Aqui estou”.
E Deus disse: “Não te aproximes! Tira as sandálias dos pés,
porque o lugar onde estás é uma terra santa”.
E acrescentou:
“Eu sou o Deus de teus pais, o Deus de Abraão,
o Deus de Isaac e o Deus de Jacó”.
Moisés cobriu o rosto, pois temia olhar para Deus.
E o Senhor lhe disse:
“Eu vi a aflição do meu povo que está no Egito
e ouvi o seu clamor por causa da dureza de seus opressores.
Sim, conheço os seus sofrimentos.
Desci para libertá-los das mãos dos egípcios,
e faze-los sair daquele país
para uma terra boa e espaçosa,
uma terra onde corre leite e mel”.
Moisés disse a Deus:
 “Sim, eu irei aos filhos de Israel e lhes direi:
 ‘O Deus de vossos pais enviou-me a vos
Mas, se eles perguntarem:
‘Qual é o seu nome?’ o que lhes devo responder?”
Deus disse a Moisés:
“Eu Sou aquele que sou”. E acrescentou:
“Assim responderás aos filhos de Israel. ‘Eu sou enviou-me a vos
E Deus disse ainda a Moisés:
“Assim dirás aos filhos de Israel:
‘O Senhor, o Deus de vossos pais,
o Deus de Abraão, o Deus de Isaac e o Deus de Jacó, enviou-me a vós’.
Este é o meu nome para sempre,
e assim serei lembrado de geração em geração”.
 
Palavra do Senhor.
Graças a Deus
 
 
Salmo responsorial - Sl 102
 
O Senhor é bondoso e compassivo.
 
Bendize, ó minha alma, ao Senhor,
e todo o meu ser, seu santo nome!
Bendize, ó minha alma, ao Senhor,
não te esqueças de nenhum de seus favores!
 
O Senhor é bondoso e compassivo.
 
Pois ele te perdoa toda culpa,
e cura toda a tua enfermidade;
da sepultura ele salva a tua vida
e te cerca de carinho e compaixão.
 
O Senhor é bondoso e compassivo.
 
O Senhor é indulgente, é favorável,
é paciente, é bondoso e compassivo.
Quanto os céus por sobre a terra se elevam
tanto é grande o seu amor aos que o temem.
 
O Senhor é bondoso e compassivo.
 
 
Segunda leitura - 1Cor 10,1-6.10-12
 
Leitura da Primeira Carta de São Paulo aos Coríntios
 
Irmãos, não quero que ignoreis o seguinte:
Os nossos pais estiveram todos debaixo da nuvem
e todos passaram pelo mar;
todos foram batizados em Moisés,
sob a nuvem e pelo mar;
e todos comeram do mesmo alimento espiritual,
e todos beberam da mesma bebida espiritual;
de fato, bebiam de um rochedo espiritual
que os acompanhava — e esse rochedo era Cristo —.
No entanto, a maior parte deles desagradou a Deus,
pois morreram e ficaram no deserto.
Esses fatos aconteceram para serem exemplos para nós,
a fim de que não desejemos coisas más,
como fizeram aqueles no deserto.
Não murmureis, como alguns deles murmuraram,
e, por isso, foram mortos pelo anjo exterminador.
Portanto, quem julga estar de pé
tome cuidado para não cair.
 
Palavra do Senhor.
Graças a Deus
 
 
Aclamação ao Evangelho – Mt 4,17

Glória e louvor a vós, ó Cristo

Convertei-vos, nos diz o Senhor
Porque o Reino dos céus está perto
 
 
Evangelho - Lc 13,1-9
 
Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Lucas


Naquele tempo, vieram algumas pessoas
trazendo notícias a Jesus
a respeito dos galileus que Pilatos tinha matado,
misturando seu sangue com o dos sacrifícios que ofereciam.
Jesus lhes respondeu:
“Vós pensais que esses galileus eram mais pecadores
do que todos os outros galileus,
por terem sofrido tal coisa?
Eu vos digo que não.
Mas se vós não vos converterdes,
ireis morrer todos do mesmo modo.
E aqueles dezoito que morreram,
quando a torre de Siloé caiu sobre eles?
Pensais que eram mais culpados
do que todos os outros moradores de Jerusalém?
Eu vos digo que não.
Mas, se não vos converterdes,
ireis morrer todos do mesmo modo”.
E Jesus contou esta parábola:
“Certo homem tinha uma figueira
plantada na sua vinha.
Foi até ela procurar figos e não encontrou.
Então disse ao vinhateiro:
‘Jáfaz três anos que venho procurando figos
nesta figueira e nada encontro.
Corta-a! Por que está ela inutilizando a terra?’
Ele, porém, respondeu:
‘Senhor, deixa a figueira ainda este ano.
Vou cavar em volta dela e colocar adubo.
Pode ser que venha a dar fruto.
Se não der, então tu a cortarás”’.
 
Palavra da Salvação.
Glória a vós, Senhor
 
 
 Reflexão: 

:"Tira as sandálias..."
 
A Liturgia desse terceiro domingo de Quaresma
é um forte APELO À CONVERSÃO
Esta se concretiza quando apresentamos
frutos de amor, paz e justiça.
Conversão é um longo processo de renovação, em que devemos nos desfazer
de uma porção de coisas, para tornar possível em nós a "libertação".
Devemos tirar as cômodas sandálias que calçamos,
para pisar com mais segurança os caminhos sagrados do Senhor...
 
A1a Leituranarra aConversão de MOISÉS.(Ex 3,1-8.13-15)
- Inicialmente, Deus se manifesta na sarça ardente e manda tirar as sandálias.
Deve pisar o pó de onde veio. Sua grandeza vem de Deus e não de si mesmo.
- Depois, confiaa Moisés amissão de libertar o seu povo.
Assim começa a longa marcha dos hebreus através do deserto.O Deserto foi o tempo e o local de uma longa Quaresma,
onde Deuspurificouo seu povo dos costumes pagãos e
o conduziu a uma religião mais pura e à posse da Terra Prometida...
 
* O Êxodo do Povo de Deus é figura do caminho de conversão,
que o cristão é chamado a realizar, de modo especial na Quaresma.
O Deus libertador exige de nós uma luta permanente contra tudo aquilo
que nos escraviza e que impede a manifestação da vida plena.
 
Na 2a Leitura, Paulo recorda os fatos extraordinários
realizados por Deus no deserto em favor do seu povo...
e faz uma advertência contra a falsa segurança religiosa deles:
" Todos comeram o mesmo pão espiritual (o maná)... beberam todos a mesma bebida espiritual (água do rochedo)...
Mas nem todos assumiram a Aliança. Por isso foram sepultados no deserto,
não entraram na Terraprometida".(1Cor 10, 1-6.1-12)
 
O Apóstolo alerta os cristãos para não cair no mesmo perigo.
A verdadeira vivência cristã não é apenas
a participação regular nos sacramentos,
mas uma vida de comunhão com Deus,
que se transforma em gestos de amor e partilha com os irmãos.
 
OEvangelhoé um forte apelo à CONVERSÃO. (Lc 13,1-9)
 
O Texto fala de dois acontecimentos trágicos daqueles dias:
a matança de Pilatos... e aqueda da torre de Siloé: 18 mortos.
- Jesus não concorda que a desgraça é sinal do castigo de Deus,
pelo contrário, é um apelo de conversão aos sobreviventes:
"Vocês pensam que eles eram mais pecadores do que vocês?"
"Se vocês não se converterem, morrerão todos do mesmo modo..."
Rejeitar a ação salvadora de Deus, oferecida em Jesus é pior que um desastre.
 
+ E com a parábola da FIGUEIRA ESTÉRIL,Jesus ilustra
a resistência de Israel à conversão e a bondade e a paciência de Deus,
disposto a esperar mas não indefinidamente:
"Senhor, deixa ainda esse ano.
Vou cavar em volta dela ecolocar adubo...
Talvez depois disso, venha a dar frutos..."
 
Esse Servo é JESUS,que pede uma nova chance para seu povo, 
sabendo que o Pai é bondoso e cheio de amor.
 
* Conversão não é apenasuma penitência externa,
ou um simples arrependimentodos pecados,
é um convite à mudança de vida, de mentalidade, de atitudes,
de forma que Deus e os seus valores passem aestar em primeiro lugar.
É voltar-se para Deus de todo o coração
 
+Quem é essa figueira?
 
Somos todos nós, a nossa família, a Igreja, a sociedade. 
Os frutos são as boas ações, que devemos realizar.
 
- Há cristãos que foram educados na fé do evangelho.
Receberam dos pais, da escola e da comunidade uma boa educação na fé.
E depois... nenhum fruto...
 
- Há famílias que têm tudo para ser fermento no meio de outras famílias,
para atuar na Igreja e na sociedade, pois receberam muitos talentos.
Mas onde estão os frutos?
 
- Há grupos de cristãos, movimentos e comunidades,
que há anos são privilegiados com encontros, celebrações, missas, cursos...
e nada de frutos...
 
- Há cristãos que até participam assiduamente na igreja,
mas nunca se comprometem com pastorais, com grupos de reflexão
e outros serviços da comunidade...
 
São figueiras estéreis que estão tomando o lugar de outras...
 
Resumindo: A Liturgia de hoje é:
 
- Um forte apelo à conversão, que se manifestaatravés de boas obras,
que correspondem ao amor generoso do Pai.
 
- Uma advertência: Deus é paciente e generoso em esperar,
Mas a espera de Deus tem um limite...
 
àSerá que não estamos já esgotando a paciência de Deus?
à Quais são as sandálias que devemos tirar de nossos pés,
para ser possível esse caminho sagrado da Conversão
e assim produzir os frutos esperados por Deus?
 
Pe. Antônio Geraldo Dalla Costa - 28.02.2016
 
 
Outros Editorial
19/12/15
4° Domingo do Advento
Primeira leitura: Mq 5,1-4a   Leitura da Profecia de Miquéias   Assim diz o Senhor: Tu, Belém de Éfrata, pequenina entre os mil povoados de Judá, de ti há de sair aquele que dominará em Israel; sua origem vem de tempos remotos, desde os dias da eternidade. Deus dei...
27/11/15
1° Domingo do Advento
Primeira leitura: Jr 33,14-16   Leitura do Livro do Profeta Jeremias   Eis que virão dias, diz o Senhor, em que farei cumprir a promessa de bens futuros para a casa de Israel e para a casa de Judá. Naqueles dias, naquele tempo, farei brotar de Davi a semente da justiça, que fará val...
14/11/15
33° Domingo do Tempo Comum
Primeira leitura - Dn 12,1-3   Leitura da Profecia de Daniel   "Naquele tempo, se levantará Miguel, o grande príncipe, defensor dos filhos de teu povo; e será um tempo de angústia, como nunca houve até então, desde que começaram a existir naç&otil...
21/10/15
30° Domingo do Tempo Comum
Primeira leitura: Jr 31,7-9 Leitura do Livro do Profeta Jeremias Isto diz o Senhor: “Exultai de alegria por Jacó, aclamai a primeira das nações; tocai, cantai e dizei: Salva, Senhor, teu povo, o resto de Israel! Eis que eu os trarei do país do Norte e os reunirei desde as extremidade...
03/10/15
27° Domingo do Tempo Comum
Primeira leitura - Gn 2,18-24   Leitura do Livro do Gênesis   O Senhor Deus disse: “Não é bom que o homem esteja só. Vou dar-lhe uma auxiliar semelhante a ele”.  Então o Senhor Deus formou da terra todos os animais selvagens e todas as aves do céu, e...
19/09/15
25° Domingo do Tempo Comum
Primeira leitura – Sb 2,17-20 Leitura do Livro da Sabedoria Os ímpios dizem: “Armemos ciladas ao justo, porque sua presença nos incomoda: ele se opõe ao nosso modo de agir, repreende em nós as transgressões da lei e nos reprova as faltas contra a nossa disciplina.  Vej...
11/09/15
24° domingo do Tempo Comum
Primeira leitura  – Is 50,5-9   Leitura do Livro do Profeta Isaias   O Senhor abriu-me os ouvidos; não lhe resisti nem voltei atrás. Ofereci as costas para me baterem e as faces para me arrancarem a barba: não desviei o rosto de bofetões e cusparadas. Mas, o Senhor Deus ...
29/08/15
22° Domingo do Tempo Comum
Primeira leitura - Dt 4,1-2.6-8   Leitura do Livro do Deuteronômio   Moisés falou ao povo, dizendo: “Agora, Israel, ouve as leis e os decretos que eu vos ensino a cumprir, para que, fazendo-o, vivais e entreis na posse da terra prometida pelo Senhor Deus de vossos pais. Nada acrescenteis, n...
22/08/15
21° Domingo do Tempo Comum
Primeira leitura - Js 24,1-2a.15-17.18b Leitura do Livro de Josué   Naqueles dias, Josué reuniu em Siquém todas as tribos de Israel e convocou os anciãos, os chefes, os juízes e os magistrados, que se apresentaram diante de Deus. Então Josué falou a todo o povo: &quo...
15/08/15
Assunção de Nossa Senhora
1a Leitura - Ap 11,19; 12,1-6.10   Leitura do Livro do Apocalipse de São João   Abriu-se o Templo de Deus que está no céu e apareceu no Templo a arca da Aliança. Então apareceu no céu um grande sinal: uma mulher vestida de sol, tendo a lua debaixo dos pés ...
06/08/15
19° Domingo do Tempo Comum
Primeira leitura - 1Rs 19,4-8   Leitura do Primeiro Livro dos Reis   Naqueles dias, Elias entrou deserto adentro e caminhou o dia todo. Sentou-se finalmente debaixo de um junípero e pediu para si a morte, dizendo: "Agora basta, Senhor! Tira a minha vida, pois não sou melhor que meus pais&quo...
21/07/15
17° Domingo do Tempo Comum
Primeira leitura - 2Rs 4,42-44   Leitura do Segundo Livro dos Reis   Naqueles dias, Veio também um homem de Baal-Salisa, trazendo em seu alforje para Eliseu, o homem de Deus, pães dos primeiros frutos da terra: eram vinte pães de cevada e trigo novo. E Eliseu disse: “Dá ao pov...
30/06/15
14° Domingo do Tempo Comum
Primeira leitura - Ez 2, 2-5   Leitura da Profecia de Ezequiel.   Naqueles dias, depois de me ter falado, entrou em mim um espírito que me pôs de pé. Então, eu ouvi aquele que me falava, o qual me disse: "Filho do homem, eu te envio aos israelitas, nação de rebeld...
26/06/15
São Pedro e São Paulo
Primeira leitura - At, 12,1-11   Leitura dos Atos dos Apóstolos   Naqueles dias, O rei Herodes prendeu alguns membros da Igreja, para torturá-los Mandou matar a espada Tiago, irmão de João E, vendo que isso agradava aos judeus, mandou também prender a Pedro. Eram os dias d...
20/06/15
12° Domingo do Tempo Comum
Primeira leitura - Jó 38,1.8-11   Leitura do Livro de Jó   O Senhor respondeu a Jó, do meio da tempestade, e disse: "Quem fechou o mar com portas, quando ele jorrou com ímpeto do seio materno, quando eu lhe dava nuvens por vestes e névoas espessas por faixas; quando mar...
12/06/15
11° Domingo do Tempo Comum
PRIMEIRA LEITURA- Ez 17,22-24   Leitura da Profecia de Ezequiel   Assim diz o Senhor Deus: “Eu mesmo tirarei um galho da copa do cedro, do mais alto de seus ramos arrancarei um broto e o plantarei sobre um monte alto e elevado. Vou plantá-lo sobre o alto monte de Israel. Ele produzirá folha...
29/05/15
A Trintade
Primeira leitura - Dt 4,32-34.39-40   Leitura do Livro do Deuteronômio   Moisés falou ao povo, dizendo: "Interroga os tempos antigos que te precederam, desde o dia em que Deus criou o homem sobre a terra, e investiga de um extremo ao outro dos céus se houve jamais um acontecimento t&ati...
22/05/15
Pentecostes
Primeira leitura - At 2,1-11   Leitura dos Atos dos Apóstolos   Quando chegou o dia de Pentecostes, os discípulos estavam todos reunidos no mesmo lugar. De repente, veio do céu um barulho como se fosse uma forte ventania, que encheu a casa onde eles se encontravam. Então apareceram l...
15/05/15
Ascenção do Senhor
Primeira leitura - At 1, 1-11   Leitura dos Atos dos Apóstolos   No meu primeiro livro, ó Teófilo, já tratei de tudo o que Jesus fez e ensinou, desde o começo, até ao dia em que foi levado para o céu, depois de ter dado instruções pelo Espírit...
24/04/15
4° Domingo da Pascoa
Primeira leitura - At 4,8-12 Leitura dos Atos dos Apóstolos   Naqueles dias Pedro, cheio do Espírito Santo, disse: "Chefes do povo e anciãos:  hoje estamos sendo interrogados  por termos feito o bem a um enfermo  e pelo modo como foi curado.  Ficai, pois, sabendo todos ...
 
Santuário Eucarístico Diocesano
Paróquia Nossa Senhora de Fátima | WebMail
Praça João XXIII S/N - CEP 87200-000
Caixa Postal 152 | Cianorte - Paraná
Fone-Fax (44) 3619-1493