Editorial
26 de Setembro de 2011
27º DOMINGO DO TEMPO COMUM

1a Leitura - Is 5,1-7
 
Leitura do Livro do Profeta Isaías
 
Vou cantar para o meu amado
o cântico da vinha de um amigo meu:
Um amigo meu possuía uma vinha em fértil encosta.
Cercou-a, limpou-a de pedras,
plantou videiras escolhidas,
edificou uma torre no meio e construiu um lagar;
esperava que ela produzisse uvas boas,
mas produziu uvas selvagens.
Agora, habitantes de Jerusalém e cidadãos de Judá,
julgai a minha situação e a de minha vinha.
O que poderia eu ter feito a mais por minha vinha
e não fiz?
Eu contava com uvas de verdade,
mas, por que produziu ela uvas selvagens?
Pois agora vou mostrar-vos
o que farei com minha vinha:
vou desmanchar a cerca, e ela será devastada;
Vou derrubar o muro, e ela será pisoteada.
Vou deixá-la inculta e selvagem:
ela não será podada nem lavrada,
espinhos e sarças tomarão conta dela;
não deixarei as nuvens derramar a chuva sobre ela. 
Pois bem, a vinha do Senhor dos exércitos
é a casa de Israel,
e o povo de Judá, sua dileta plantação;
eu esperava deles frutos de justiça -
e eis injustiça; esperava obras de bondade -
e eis iniqüidade.
 
Palavra do Senhor.
Graças a Deus
 
 
Salmo Responsorial - Sl 79
 
A vinha do Senhor é a casa de Israel.
 
Arrancastes do Egito esta videira,
e expulsasses as nações para plantá-la;
até o mar se estenderam seus sarmentos,
até o rio os seus rebentos se espalharam.
 
A vinha do Senhor é a casa de Israel.
 
Por que razão vós destruísses sua cerca, 
para que todos os passantes a vindimem,
o javali da mata virgem a devaste,
e os animais do descampado nela pastem?
 
A vinha do Senhor é a casa de Israel.
 
"Voltai-vos para nós, Deus do universo!
Olhai dos altos céus e observar.
Visitai a vossa vinha e protegei-a!
Foi a vossa mão direita que a plantou;
Protegei-a e ao rebento que firmastes!
 
A vinha do Senhor é a casa de Israel.
 
E nunca mais vos deixaremos, Senhor Deus!
Dai-nos vida e louvaremos vosso nome!
Convertei-nos, ó Senhor Deus do universo,
E sobre nós iluminai a vossa face!
Se voltardes para nós, seremos salvos!
 
A vinha do Senhor é a casa de Israel.
 
 
2a Leitura - Fl 4,6-9
 
Leitura da Carta de São Paulo aos Filipenses
 
Irmãos:
Não vos inquieteis com coisa alguma,
mas apresentai as vossas necessidades a Deus,
em orações e súplicas, acompanhadas de ação de graças. 
E a paz de Deus,
que ultrapassa todo o entendimento,
guardará os vossos corações e pensamentos
em Cristo Jesus.
Quanto ao mais, irmãos,
ocupai-vos com tudo o que é verdadeiro, respeitável,
justo, puro, amável, honroso, tudo o que é virtude
ou de qualquer modo mereça louvor.
Praticai o que aprendesses e recebesses de mim,
ou que de mim vistes e ouvistes.
Assim o Deus da paz estará convosco.
 
Palavra do Senhor.
Graças a Deus
 
Evangelho - Mt 21,33-43
 
Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo, segundo Mateus
 
Naquele tempo, Jesus disse aos sumos sacerdotes e aos anciãos do povo:
"Escutai esta outra parábola:
Certo proprietário plantou uma vinha,
pôs uma cerca em volta,
fez nela um lagar para esmagar as uvas,
e construiu uma torre de guarda. 
Depois, arrendou-a a vinhateiros, e viajou para o estrangeiro.
Quando chegou o tempo da colheita,
o proprietário mandou seus empregados aos vinhateiros
para receber seus frutos.
Os vinhateiros, porém, agarraram os empregados,
espancaram a um, mataram a outro, e ao terceiro apedrejaram.
O proprietário mandou de novo outros empregados,
em maior número do que os primeiros.
Mas eles os trataram da mesma forma.
Finalmente, o proprietário enviou-lhes o seu filho,
pensando: “Ao meu filho eles vão respeitar”.
Os vinhateiros, porém, ao verem o filho,
disseram entre si: “Este é o herdeiro.
Vinde, vamos matá-lo e tomar posse da sua herança!”
Então agarraram o filho,
jogaram-no para fora da vinha e o mataram.
'Pois bem, quando o dono da vinha voltar,
o que fará com esses vinhateiros?"
Os sumos sacerdotes e os anciãos do povo responderam:
"Com certeza mandará matar de modo violento
esses perversos
e arrendará a vinha a outros vinhateiros,
que lhe entregarão os frutos no tempo certo".
Então Jesus lhes disse:
"Vós nunca lestes nas Escrituras:
'A pedra que os construtores rejeitaram
tornou-se a pedra angular;
isto foi feito pelo Senhor
e é maravilhoso aos nossos olhos?'
Por isso, eu vos digo:
o Reino de Deus vos será tirado
e será entregue a um povo que produzirá frutos".
 
Palavra da Salvação.
Glória a vós, Senhor.
 

Reflexão

“A parábola da vinha.”


A parábola era tão clara que os chefes dos fariseus entenderam a quem se referia. Deus (o proprietário) mandou seus servos (profetas) e sempre renovou por meio deles as exigências de sua Aliança.

Diante dessa recusa, Deus abrirá as portas a um novo povo: pecadores, cobradores de impostos, pagãos. Portanto, esta parábola é uma síntese da história da salvação: Deus deu provas de extrema dedicação a seu povo.

A parábola da vinha tem todas as características de uma alegoria. Cada elemento tem um significado: Deus é o proprietário; a vinha é Israel; os servos são os profetas; os administradores são os judeus infiéis; os outros vinhateiros são os pagãos e os pecadores; o filho é Jesus.

Esta parábola mostra ainda uma violência constante e crescente contra os que Deus enviou como seus mensageiros, uns foram espancados, outros mortos, outros ainda apedrejados.

A parábola deste dia tem seu paralelismo nos outros dois evangelhos sinóticos (Marcos e Lucas), e seu sentido é polêmico.
Primeiro, quer ser uma condenação dos que, pela violência, queriam vencer os pequenos e pobres, julgando-se os mais fiéis administradores (doutores da lei, escribas, fariseus, zelotas); depois, mostrando que o Reino de Deus não virá pela violência.

O sentido da parábola é claro: os judeus não aceitaram Jesus, que apresenta uma explicação pela morte na cruz.

Todo o progresso que não alimenta o plano salvífico de Deus é fruto de destruição, que condena a existência humana e esvazia o sentido da vida.

Outros Editorial
18/07/14
16° Domingo do Tempo Comum
1a Leitura - Sb 12,13.16-19   Leitura do Livro da Sabedoria   Não há, além de ti, outro Deus que cuide de todas as coisas e a quem devas mostrar que teu julgamento não foi injusto. A tua força é princípio da tua justiça, e o teu domínio sobre todos ...
09/06/14
15° Domingo do Tempo Comum
1a Leitura - Is 55,10-11   Leitura do Livro do Profeta Isaías   Isto diz o Senhor: "Assim como a chuva e a neve descem do céu e para lá não voltam mais, mas vêm irrigar e fecundar a terra, e fazê-la germinar e dar semente, para o plantio e para a alimentaç&at...
06/06/14
Pentecoste
PRIMEIRA LEITURA –At 2,1-11   Leitura dos Atos dos Apóstolos   Quando chegou o dia de Pentecostes, os discípulos estavam todos reunidos no mesmo lugar. De repente, veio do céu um barulho como se fosse uma forte ventania, que encheu a casa onde eles se encontravam. Então aparec...
24/05/14
6° Domingo de Pascoa
Primeira leitura – At 8,5-8.14-17   Leitura dos Atos dos Apóstolos   Naqueles dias, Filipe desceu a uma cidade da Samaria e anunciou-lhes o Cristo. As multidões seguiam com atenção as coisas que Filipe dizia. E todos unânimes o escutavam, pois viam os milagres que ele faz...
17/05/14
5° Domingo do Tempo Comum
Primeira leitura - At 6,1-7   Leitura dos Atos dos Apóstolos   Naqueles dias, o número dos discípulos tinha aumentado, os fiéis de origem grega começaram a queixar-se dos fiéis de origem hebraica. Os de origem grega diziam que suas viúvas eram deixadas de lado n...
08/05/14
4° Domingo de Pascoa
Primeira leitura - At 2,14a.36-41   Leitura dos Atos dos Apóstolos   No dia de Pentecostes, Pedro, de pé; no meio dos onze apóstolos, levantou a voz e falou à multidão: Que todo o povo de Israel reconheça com plena certeza: Deus constituiu Senhor e Cristo a este Jesus ...
26/04/14
2° Domingo de Pascoa
  Primeira leitura: At 2,42-47   Leitura dos Atos dos Apóstolos   Os que haviam se convertido eram perseverantes em ouvir o ensinamento dos apóstolos, na comunhão fraterna na fração do pão e nas orações. E todos estavam cheios de temor por causa ...
11/04/14
Domingo de Ramos
Procissão de ramos — Evangelho: Mt 21,1-11   Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Mateus   Naquele tempo, Jesus e seus discípulos aproximaram-se de Jerusalém e chegaram a Betfagé, no monte das Oliveiras. Então Jesus enviou dois discípulos,...
06/04/14
5° Domingo do Tempo comum
Primeira leitura: Ez 37,12-14   Leitura da profecia de Ezequiel   Assim fala o Senhor Deus: Ó meu povo, vou abrir as vossas sepulturas e conduzir-vos para a terra de Israel; e quando eu abrir as  vossas sepulturas e vos fizer sair delas, sabereis que eu sou o Senhor. Porei em vós o meu esp&i...
26/03/14
4° Domingo do Tempo comum
Primeira leitura - 1Sm 16,1b.6-7.10-13a   Leitura do Primeiro Livro de Samuel   Naqueles dias, o Senhor disse a Samuel. Enche o chifre de óleo e vem para que eu te envie à casa de Jessé de Belém pois escolhi um rei para mim entre os seus filhos: Assim que chegou, Samuel viu a Eliab e...
13/03/14
2° Domingo do Tempo comum
Primeira leitura: Gn 12,1-4a   Leitura do Livro do Gênesis   Naqueles dias, o Senhor disse a Abrão. "Sai da tua terra, da tua família e da casa do teu pai e vai para a terra que eu te vou mostrar. Farei de ti um grande povo e te abençoarei engrandecerei o teu nome, de modo que e...
02/03/14
8° Domingo do Tempo comum
Primeira leitura– Is 49,14-15   Leitura do Livro do Profeta Isaías   Disse Sião: “O Senhor abandonou-me, O Senhor esqueceu-se de mim!” Acaso pode a mulher esquecer-se do filho pequeno, a ponto de não ter pena do fruto de seu ventre? Se ela se esquecer, eu, porém, n...
22/02/14
7° Domingo do Tempo Comum
Primeira leitura: Lv 19,1-2.17-18   Leitura do Livro do Levítico   O Senhor falou a Moisés, dizendo “Fala a toda a comunidade dos filhos de Israel e dize-lhes: “Sede santos, porque eu, o Senhor vosso Deus, sou santo. Não tenhas no coração ódio contra teu irm...
14/02/14
6° Domingo do tempo comum
Primeira leitura: Eclo 15,16-21   Leitura do livro do Eclesiástico   Se quiseres observar os mandamentos, eles te guardarão; se confias em Deus, tu também viverás. Diante de ti, Ele colocou o fogo e a água para o que quiseres, tu podes estender a mão. Diante do homem es...
07/02/14
5° Domingo do tempo comum
Primeira leitura: Is 58,7-10   Leitura do livro do Profeta Isaías   Assim diz o Senhor: Reparte o pão com o faminto, acolhe em casa os pobres e peregrinos. Quando encontrares um nu cobre-o, e não desprezes a tua carne. Então, brilhará tua luz como a aurora e tua saúde...
31/01/14
Apresentação do Senhor
1a leitura - Ml 3,1-4 Leitura da Profecia de Malaquias   Assim diz o Senhor: Eis que envio meu anjo, e ele há de preparar o caminho para mim; logo chegará ao seu templo o Dominador, que tentais encontrar, e o anjo da aliança, que desejais. Ei-lo que vem, diz o Senhor dos exércitos; e...
25/01/14
3° Domingo do Tempo Comum
Primeira leitura: Is 8,23b—9,3   Leitura do Livro do Profeta Isaías   No tempo passado o Senhor humilhou a terra de Zabulon e a terra de Neftali; mas recentemente cobriu de glória o caminho do mar, do além-Jordão e da Galiléia das nações. O povo que andava ...
03/01/14
Epifania
Primeira leitura: Is 60,1-6   Leitura do livro do Profeta Isaías   Levanta-te; acende as luzes, Jerusalém. porque chegou a tua luz, apareceu sobre ti a glória do Senhor. Eis que está a terra envolvida em trevas, e nuvens escuras cobrem os povos; mas sobre ti apareceu o Senhor, e...
31/12/13
Mae de Deus
Primeira leitura: Nm 6,22-27   Leitura do Livro dos Números   O Senhor falou a Moisés, dizendo: "Fala a Aarão e a seus filhos: Ao abençoar os filhos de Israel, dizei-lhes: O Senhor te abençoe e te guarde! O Senhor faça brilhar sobre ti a sua face, e se compade&...
27/12/13
Sagrada Familia
Primeira leitura: Eclo 3,3-7.14-17 Leitura do Livro do Eclesiástico   Deus honra o pai nos filhos e confirma, sobre eles, a autoridade da mãe, Quem honra o seu pai, alcança o perdão dos pecados; evita cometê-los e será ouvido na oração quotidiana. Quem respe...
 
Santuário Eucarístico Diocesano
Paróquia Nossa Senhora de Fátima | WebMail
Praça João XXIII S/N - CEP 87200-000
Caixa Postal 152 | Cianorte - Paraná
Fone-Fax (44) 3619-1493