Notícias
29 de Novembro de 2018
Papa sobre santuários: peregrinos bem acolhidos abrem o coração
Francisco recebeu no Vaticano, nesta quinta-feira, 29, participantes do encontro internacional de reitores e colaboradores de santuários Da redação, com Vatican News

O Papa Francisco recebeu em audiência, nesta quinta-feira, 29, na Sala Regia, no Vaticano, cerca de seiscentos participantes do encontro internacional de Reitores e Colaboradores de Santuários. O Pontífice esperava esse momento para encontrar os representantes de vários santuários espalhados pelo mundo.

“Quanto precisamos dos santuários no caminho cotidiano da Igreja! São lugares em que o nosso povo vai com boa vontade a fim de manifestar sua fé na simplicidade e segundo as tradições que aprenderam desde a infância. De várias formas, os nossos santuários são insubstituíveis, pois mantêm viva a piedade popular, enriquecendo-a com uma formação catequética que sustenta e reforça a fé e alimentando, ao mesmo tempo, o testemunho da caridade”, disse Francisco em seu discurso.

“Isso é muito importante: manter viva a piedade popular e não esquecer aquele tesouro que é o número 48 da Evangelii Nuntiandi, em que São Paulo VI mudou o nome de ‘religiosidade popular’ para ‘piedade popular’. É um tesouro! Essa é a inspiração dessa piedade popular que, por outro lado, como disse um bispo italiano: ‘A piedade popular é o sistema imunitário da Igreja. Nos salva de muitas coisas’”, frisou o Papa.

O Pontífice destacou a importância do acolhimento dos peregrinos. “Sabemos que cada vez mais os nossos santuários são meta não de grupos organizados, mas de peregrinos individuais ou pequenos grupos autônomos que vão a esses lugares santos. É triste que em sua chegada eles não encontram ninguém para dar-lhes as boas-vindas e que os acolha como peregrinos que fizeram uma viagem, muitas vezes longa, para chegar ao santuário. Pior ainda quando encontram a porta fechada!”, comentou o Santo Padre

Segundo o Papa é preciso dar menos atenção às exigências materiais e financeiras de um santuário e mais ênfase aos peregrinos. “Eles são os que contam. Devemos dar atenção a cada um deles, fazendo com que se sintam ‘em casa’, como um parente esperado por muito tempo que finalmente chegou”, opinou. De acordo com o Santo Padre, é preciso também considerar que muitas pessoas visitam os santuários porque pertencem à tradição local, porque suas obras de arte atraem ou porque estão situados num ambiente natural de grande beleza e inspiração.

O Pontífice afirmou que os peregrinos, quando bem acolhidos, são mais disponíveis a abrir o coração e a deixar-se plasmar pela Graça. “Um clima de amizade é uma semente fecunda que os nossos santuários podem semear no terreno dos peregrinos, permitindo-lhes reencontrar aquela confiança na Igreja que pode ter sido desiludida pela indiferença recebida”, opinou.

“O Santuário é sobretudo lugar de oração. A maioria dos nossos santuários é dedicada à piedade mariana. Ali, a Virgem Maria abre os braços de seu amor materno para ouvir a oração de cada um e atendê-las. Os sentimentos que todo peregrino sente no fundo do coração são encontrados também na Mãe de Deus. Ali, ela sorri dando consolo. Ali, Ela chora com quem chora. Ali, apresenta a cada um o Filho de Deus em seus braços como o tesouro mais precioso que uma mãe possui. Ali, Maria se faz companheira de caminhada de cada pessoa que olha para ela pedindo uma graça, certa de ser atendida. A Virgem responde a todos com a intensidade de seu olhar que os artistas souberam pintar, guiados do alto na contemplação”, observou o Santo Padre.

Leia também
.: Papa pede que fiéis sejam bem acolhidos nos santuários
.: Reitor explica papel dos santuários na missão da Igreja no Brasil

Sobre a oração nos santuários, o Papa sublinhou duas exigências a primeira seria favorecer a oração da Igreja que com a celebração dos Sacramentos torna presente e eficaz a salvação. “Isso permite a qualquer pessoa que esteja presente no santuário de sentir-se parte de uma comunidade maior que de todo canto da terra professa a única fé, testemunha o seu amor e vive a mesma esperança. Muitos santuários surgiram através do pedido de oração feito pela Virgem aos videntes, a fim de que a Igreja não se esquecesse nunca das palavras do Senhor Jesus de rezar sem cessar e permanecer sempre vigilante na espera de seu retorno”, sublinhou.

Segundo o Pontífice, os santuários são chamados a alimentar a oração de cada peregrino no silêncio de seu coração. “Com as palavras do coração, com o silêncio, com suas fórmulas aprendidas na infância, com os seus gestos de piedade, cada um deve ser ajudado a expressar sua oração pessoal. Muitas pessoas vão ao santuário porque precisam receber uma graça e depois voltam para agradecer, por ter recebido a força e a paz na provação. Essa oração torna os santuários lugares fecundos, para que a piedade popular seja sempre alimentada e cresça no conhecimento do amor de Deus.”

Francisco frisou que ninguém nos santuários deve se sentir um estranho, especialmente quando chega ali com o peso de seu próprio pecado. O Santo Padre observou que o santuário é o lugar privilegiado para experimentar a misericórdia que não conhece confim. “Esse é um dos motivos que me impulsionou a desejar a ‘Porta da misericórdia’ também nos santuários durante o Jubileu da Misericórdia. De fato, a misericórdia, quando é vivida, torna-se uma forma de evangelização real, porque transforma as pessoas que recebem a misericórdia em testemunhas de misericórdia”, apontou.

O Sacramento da Reconciliação também foi tema do encontro. Para o Papa, muitas vezes este sacramento feito nos santuários, precisa de sacerdotes bem formados, santos, misericordiosos e capazes de saborear o encontro verdadeiro com o Senhor que perdoa. “Desejo que nunca falte nos Santuários a figura do ‘Missionário da Misericórdia’ como testemunha fiel do amor do Pai que abre os braços a todos e vai ao encontro feliz por ter reencontrado quem se distanciou. As obras de misericórdia pedem para ser vividas de modo particular em nossos santuários, pois nelas a generosidade e a caridade são realizadas de forma natural e espontânea como atos de obediência e amor ao Senhor Jesus e à Virgem Maria.”

O Papa pediu a Nossa Senhora para que ajude e acompanhe os Reitores e Colaboradores de Santuários nessa grande responsabilidade pastoral que lhes foi confiada. “Por favor, não se esqueçam de rezar mim e fazer com que rezem por mim em seus santuários”.

“O Santuário é um lugar de encontro não somente com o peregrino, com Deus, mas também do encontro de nós pastores com o nosso povo. A Liturgia de 2 de fevereiro nos diz que o Senhor vai ao Santuário para encontrar o seu povo, para sair ao encontro de seu povo, entender o povo de Deus, sem preconceitos, com o faro da fé, com a infallibilitas in credendo da qual fala o número doze da Lumen gentium”.

Segundo o Papa, este encontro é fundamental, e enfatizou que se o pastor que está no santuário não consegue encontrar o povo de Deus, é melhor que o bispo dê a ele outra missão, pois não é apto para isso. “Sofrerá muito e fará o povo sofrer”.

Outras Notícias
14/02/19
No combate à fome, Papa destaca o desenvolvimento rural
Francisco participou de sessão do Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola; no discurso, destaque para a questão rural no combate à fome Da Redação, com Boletim da Santa Sé
14/02/19
Belo Horizonte acolhe primeiro grupo de migrantes venezuelanos
Migrantes serão acolhidos com Missa temática e evento arrecadará doações para suas novas residências Da redação, com SJMR-BH
13/02/19
"Igreja precisa ser purificada", diz cardeal sobre proteção de menores
Cardeal brasileiro que irá participar do encontro de proteção dos menores no Vaticano afirma que este problema “precisa ser tocado de frente” Da redação, com VaticanNews
13/02/19
Crianças-soldado: Milhares são roubadas de sua infância, diz Papa
ONU recorda neste dia tragédia das crianças-soldado Da redação, com Agências
12/02/19
População de Brumadinho recebe ajuda de voluntários
Desde o rompimento da barragem da Vale o Canção Nova Notícias tem acompanhado os desdobramentos dessa tragédia.Na reportagem de hoje nossa equipe vai mostrar o trabalho feito por voluntários para ajudar quem precisa. A barragem da Vale com risco de rompimento, em Barão de Cocais, ...
12/02/19
Morre o jornalista Ricardo Boechat em acidente de helicóptero
Helicóptero com o jornalista e o piloto caiu sobre um caminhão no Rodoanel, que dá acesso à rodovia Anhanguera, em SP Capital Da redação, com agências
11/02/19
Cardeal Turkson vai a Calcutá levar mensagem do Papa aos enfermos
No Dia Mundial do Enfermo, cardeal vai à Índia transmitir aos fiéis uma mensagem do Santo Padre Da redação, com Vatican News
11/02/19
Incêndio no CT do Flamengo é tema de reunião no Ministério Público
Agência Brasil
11/02/19
Dom Leonardo fala sobre a mensagem do papa Francisco para o Dia Mundial do Enfermo
Por ocasião do 27º Dia Mundial do Enfermo, que é celebrado nesta segunda-feira, 11, o portal da CNBB realizou uma entrevista exclusiva com o bispo auxiliar de Brasília e secretário-geral da CNBB, dom Leonardo Steiner sobre a mensagem do papa Francisco divulgada para a data. “Recebes...
09/02/19
Olhai as minas de Minas, pede Dom Walmor em alerta sobre tragédias
Arcebispo de BH destaca que tragédia de Brumadinho traz uma dolorosa lição, a ser definitivamente aprendida para evitar novas tragédias Dom Walmor Oliveira de Azevedo* Arcebispo metropolit
09/02/19
Missa pelas vítimas do incêndio no CT do Flamengo será celebrada hoje
Dom Orani expressou pesar pelas vítimas, pelo Twitter Da redação, com Agências
09/02/19
Ferrovia fica completamente submersa durante enchente na Austrália
Imagens aéreas mostram ferrovia submersa pela chuva que inunda cidades australianas há uma semana Da Redação, com Reuters
02/02/19
Buscas em Brumadinho não têm data para acabar, dizem bombeiros
O Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais informou nesta sexta-feira, 1º, que não há como prever uma data de encerramento das buscas por vítimas na região de Brumadinho (MG), onde a barragem da Mina Córrego do Feijão, da mineradora Vale, rompeu-se, no dia 25 de janeiro. ...
01/02/19
Buscas em Brumadinho prosseguem pelo oitavo dia
Rompimento da barragem é apontado como a maior tragédia humana do país Agência Brasil
01/02/19
“A missão dos consagrados e consagradas é ser testemunhas do Reino de Deus"
No dia 2 de fevereiro, a Igreja celebra a Apresentação de Jesus no Templo e também o Dia Mundial da Vida Consagrada. O arcebispo de Porto Alegre e presidente da Comissão para os Ministérios Ordenados e a Vida Consagrada, dom Jaime Spengler concedeu entrevista exclusiva ao...
01/02/19
Sínodo para a Amazônia: “momento de mostrar de que lado a Igreja está”
“Nós sabemos que a terra é de Deus, um dom sagrado. Os povos tradicionais da Amazônia assim a tratam, assim a preservam, mas a vida está sendo atacada em função do comercio, da economia”, analisa o bispo da prelazia de Marajó (PA), dom Evaristo Pascoal Spengler. Dura...
31/01/19
Barragem destruiu 269 hectares em Brumadinho, afirma Ibama
Área atingida, que compreende a mina do Córrego do Feijão, equivale a 377 campos de futebol Da redação, com Ibama
31/01/19
IBGE aponta que desemprego fica em 11,6% em dezembro
Segundo o órgão, são atualmente 12,2 milhões de pessoas desocupadas em todo o país Da redação, com IBGE
31/01/19
Justiça do Trabalho bloqueia mais R$ 800 milhões da Vale
Valor correspondente a 50% do total pedido pelo Ministério Público do Trabalho em Minas Gerais Agência Brasil
30/01/19
Onyx diz que governo não vai intervir na diretoria da Vale
Ministro Onyx Lorenzoni afirmou que o tipo de ação que o governo tem da Vale não permite interferência na gestão Da redação, com Agência Brasil
 
Santuário Eucarístico Diocesano
Paróquia Nossa Senhora de Fátima | WebMail
Praça João XXIII S/N - CEP 87200-000
Caixa Postal 152 | Cianorte - Paraná
Fone-Fax (44) 3619-1493