Notícias
06 de Maio de 2019
Estatuto Canônico e Regimento definem as funções da Presidência da CNBB

As funções da Presidência da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) estão definidas no atual Estatuto Canônico da entidade. As regras que definem os cargos e as funções que estarão em votação esta semana – entre outras normatizações -, foram publicadas na série de documentos oficiais da CNBB (coleção azul) sob o número 70.  O texto foi aprovado pela 39ª Assembleia Geral, em 19 de julho de 2001, e ratificado pela Congregação para os Bispos, em 12 de abril de 2002. No ano seguinte, a 40ª Assembleia Geral da CNBB confirmou o texto aprovado pela Santa Sé.

O Capítulo V, à página 37, define como se organiza, qual papel e cargos que integram a Presidência da CNBB, conforme segue abaixo:

Natureza e constituição:
Art. 51. A Presidência é o órgão dirigente e administrativo da CNBB, constituído pelo Presidente, Vice-Presidente e Secretário Geral.

Competência
Art. 52. Cabe à Presidência, em comunhão com os demais órgãos e no respeito à competência de cada um:

a) orientar e acompanhar globalmente a vida e atuação da CNBB, para atingir seus fins, segundo o Estatuto e as diretrizes da Assembleia Geral e do Conselho Permanente;

b) providenciar, em sintonia com o Conselho Episcopal Pastoral e com a colaboração do Secretariado Geral, a execução de determinações administrativas emanadas da Assembleia Geral ou do Conselho Episcopal, bem como secundar o Conselho Episcopal Pastoral, na execução das tarefas que lhe cabem;

c) pronunciar-se ou agir em nome da CNBB, quando se impuserem decisões urgentes ou declarações inadiáveis, consultando, se possível, os outros membros do Conselho Permanente;

d) tratar com a Santa Sé os assuntos próprios da CNBB;

e) relacionar-se, em nome da CNBB, com o Poder Público, de acordo com o Art. 5º;

f) desenvolver relações de cooperação e comunhão com as Conferências Episcopais e outras entidades eclesiais internacionais, particularmente o CELAM;

g) criar comissões especiais e grupos de trabalho, em casos urgentes;

h) dirigir a preparação das reuniões da Assembleia Geral, do Conselho Permanente e do Conselho Episcopal Pastoral, bem como presidi-las e coordená-las;

i) decidir, para fim urgente, a convocação extraordinária do Conselho Permanente ou do Conselho Episcopal Pastoral;

j) responder pela administração patrimonial e financeira da CNBB, de acordo com o direito canônico e civil e as normas da Conferência;

k) fazer o que compete à CNBB, conforme os cânones 316 §2; 317 §1; 318; 319; 825 §§1-2; 1425 §4; 1439 §§1,2 e 3; e a legislação complementar brasileira ao Código de Direito Canônico;

l) resolver os casos omissos ou duvidosos dos Estatutos da CNBB, do Regimento ou das normas de qualquer órgão, ad referendum do Conselho Permanente;

m) preparar a proposta de pauta das reuniões ordinárias do Conselho Permanente, recebidas as sugestões do Conselho Episcopal Pastoral e dos Conselhos Episcopais Pastorais.

O mesmo documento define as atribuições de cada um dos cargos, conforme abaixo:

Presidente
Art. 54. Compete especificamente ao Presidente:

a) representar legalmente a CNBB, eclesiástica e civilmente, e, como tal, praticar os atos pertinentes às suas funções;

b) convocar e presidir as reuniões da Assembleia Geral, do Conselho Permanente, do Conselho Episcopal Pastoral e da Presidência;

c) promulgar os atos e documentos da CNBB, editando-os em sua publicação oficial, ou, em casos particulares, por outro meio idôneo;

d) baixar decretos singulares administrativos;

e) informar cada Assembleia Geral ordinária a respeito da vida e das atividades da CNBB;

f) fazer o que compete à CNBB, segundo o cânon 1112 § 1, de acordo com a legislação complementar brasileira ao Código de Direito Canônico.

 

Vice-Presidente
Art. 55. O Vice-Presidente colabora com o Presidente da CNBB e o substitui em suas ausências e impendimentos.

 

Secretário-Geral
Art. 56. O Secretário-Geral colabora com a Presidência e o Conselho Episcopal Pastoral, na dinamização e coordenação de todos os setores e atividades da CNBB, conforme as diretrizes da Assembleia Geral e do Conselho Permanente, orientando, para isso, os serviços e funções do Secretariado Geral.

Art. 57. Compete ao Secretário-Geral, em entendimento com o Presidente:
a) dirigir o Secretariado Geral e coordenar as suas atividades, superintender administrativamente a sede nacional da CNBB, seus setores, funcionários e assessores;

b) gerir a administração financeira e patrimonial da CNBB, coadjuvado pelo ecônomo;

c) cooperar com a Presidência na preparação das reuniões da Assembleia Geral, do Conselho Permanente, do Conselho Episcopal Pastoral e da Presidência, coordenar a realização delas e garantir a redação das atas, dos decretos, das decisões e atos de tais reuniões, levando-os ao conhecimento dos membros da CNBB;

d) redigir outros documentos cuja elaboração lhe for confiada pelo Presidente da CNBB ou pelo Conselho Permanente;

e) comunicar às Conferências Episcopais limítrofes os atos e documentos que a Assembleia Geral ou Conselho Permanente determinar enviar-lhes.

f) cuidar do relacionamento interno e externo da CNBB;

g) promover e supervisionar as atividades de informação e divulgação da CNBB, respondendo pelo setor de comunicação e publicações;

h) responder pelo arquivo documental e histórico da CNBB, por meio do Centro de Documentação e Informação da CNBB, segundo as orientações da Santa Sé e da própria Conferência;

i) apresentar à Presidência, para aprovação, conforme o Art. 13 § 1º, os candidatos a subsecretários adjuntos e ecônomo;

j) nomear os titulares dos cargos do Secretariado Geral e contratar os funcionários da CNBB;

k) propor à aprovação do Conselho Permanente os planos de organização do Secretariado Geral e de administração patrimonial e financeira, inclusive o plano de cargos e salários, como também o regulamento interno, dos quais trata o Art. 63.

 

A inclusão de um segundo vice-presidente foi feita pela reforma do Estatuto aprovada na 56ª Assembleia Geral da CNBB no ano passado.  O conjunto das alterações foi apresentado ao Vaticano que, até o momento, liberou apenas a inclusão de um segundo vice-presidente. A reforma do Estatuto continua em análise pelo Vaticano.

Outras Notícias
18/09/19
Papa Francisco recebe Bartolomeu I no Vaticano
O Patriarca de Constantinopla foi recebido, nesta terça-feira, 17, pelo Papa Francisco. Após o encontro, almoçaram juntos na Casa Santa Marta Da redação, com Vatican News
18/09/19
Fraternidade Humana é tema central de encontro realizado em Genebra
42ª sessão do Conselho para os Direitos Humanos aconteceu ontem em Genebra e abordou documento sobre a Fraternidade Humana, assinado em Abu Dhabi pelo Papa Francisco Da redação, com Vatican
18/09/19
Em Roma, Assembleia da Comissão para Proteção dos Menores é concluída
No evento, brasileira que sofreu abuso dentro da Igreja partilhou sua experiência Da redação, com Vatican News
03/08/19
Primeiro Domingo de agosto é dedicado aos Ministérios Ordenados
Ao longo do mês de agosto, a Igreja dedica cada domingo a um estado de vida
03/08/19
"A vida consagrada é um dom de Deus à sua Igreja", diz Dom Jaime
Bispo nomeado membro de congregação da Santa Sé quer acompanhar e promover a vida consagrada
03/08/19
Papa exorta jovens: "Deixar-se transformar em discípulos missionários"
Francisco enviou uma mensagem aos jovens cubanos por ocasião do II Dia Nacional da Juventude celebrado em Cuba nesta quinta-feira, 1
22/07/19
"Conceda-nos a graça de amar e servir a Deus", pede o Papa no Angelus
No Angelus deste domingo, Francisco fez este pedido à Virgem Maria e lembrou o 50º aniversário da chegada do homem à lua
22/07/19
Preocupação com o povo
Esta era a meta principal de Jesus Cristo. Ele veio para fazer o trajeto da humanidade, ficar na retaguarda para atender às necessidades urgentes dos mais excluídos e se colocar no lugar de cada um deles. É o que vemos na cena acontecida com o bom samaritano, quando Jesus não se identifica propriam...
19/07/19
Dia da Caridade é incentivo para práticas diárias de solidariedade
Idosa e jovem contam sobre práticas de caridade que vivem no cotidiano e incentivam virtude como hábito; “Devemos viver a caridade todos os dias”
19/07/19
Rezar e trabalhar
O período da Igreja chamado Tempo Comum, no qual nos encontramos e vai até o final do Ano litúrgico, no qual a Liturgia Dominical é celebrada com os paramentos verdes, é propício para o aprofundamento das várias dimensões da vida cristã. “Ora et labora&rdquo...
12/07/19
O Bom Samaritano
Nas celebrações do próximo domingo, o Evangelho a ser proclamado será a comovente Parábola do Bom Samaritano contada por Jesus para responder a pergunta de um doutor da Lei, sobre quem seria o seu próximo. No fim da narração, Jesus devolve a pergunta: “Na tua opini...
12/07/19
O perigo das tentações
Passamos por sucessivas crises políticas ocasionadas por escândalos também sucessivos, os quais vão vindo à tona  em tal quantidade que nos questiona nos obrigando a uma reflexão. Cada um faz a sua análise ou reflexão, de acordo com a realidade na qual está im...
11/07/19
As muitas faces da mesma caridade
São Camilo de Lellis, comemorado pela Igreja no dia quatorze de julho, fundador dos Ministros dos enfermos, “Camilianos”, foi um homem de tamanha piedade e compaixão pelos doentes e moribundos e por todos os pobres e miseráveis. Em sua atribulada e diversificada vida, experimentou o afeto fami...
11/07/19
Urgência da Paz
A onda de violência que tem sacudido o mundo de hoje, torna urgente o nosso empenho pela paz. Por isso, faço minha a bela e pungente mensagem do nosso irmão, Dom Gilson Andrade da Silva, Bispo diocesano de Nova Iguaçu, preocupado com a violência na sua região, a Baixada Fluminense, mens...
06/07/19
Igreja, Casa e Missão
06/07/19
Anunciar Jesus Cristo, hoje?
O texto bíblico, da liturgia católica deste domingo, tirado de Lucas 10,1-12.17-20, conta que Jesus escolheu discípulos e os enviou, na “sua frente, a toda cidade e lugar onde ele próprio devia ir”. Faz recomendações sobre como deveria ser a postura deles e descreve alguma...
01/07/19
Vaticano reafirma que segredo de confissão é inviolável
A Penitenciaria Apostólica do Vaticano publicou uma nota reiterando a inviolabilidade do Sacramento da Confissão
01/07/19
Canonização de Irmã Dulce será no dia 13 de outubro
Canonização da beata brasileira e de mais quatro beatos foi anunciada nesta segunda-feira, 1, após Consistório Ordinário Público presidido pelo Papa
01/07/19
Papa presenteia Bartolomeu I com relíquia de São Pedro
Francisco presenteou o Patriarca Bartolomeu com um relicário contendo uma relíquia de São Pedro, por ocasião da festa dos Santos Pedro e Paulo
28/06/19
Papa ao Apostolado da Oração: o coração da missão da Igreja é a oração
Francisco recebeu Apostolado da Oração nesta sexta-feira, 28, em audiência
 
Santuário Eucarístico Diocesano
Paróquia Nossa Senhora de Fátima | WebMail
Praça João XXIII S/N - CEP 87200-000
Caixa Postal 152 | Cianorte - Paraná
Fone-Fax (44) 3619-1493