Notícias
07 de Maio de 2019
O presidente e os dois vice-presidentes da CNBB foram eleitos nesta segunda-feira

O arcebispo de Belo Horizonte (MG), dom Walmor Oliveira de Azevedo, foi eleito presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) na tarde desta segunda-feira, 6 de maio. Na parte da noite, foram eleitos os dois vice-presidentes, uma novidade do novo estatuto da Conferência. Anteriormente, apenas um bispo ocupava a vice-presidência da entidade. Os dois vice-presidentes são: dom Jaime Spengler, arcebispo de Porto Alegre (RS), e dom Mário Antonio Silva, bispo de Roraima.

Como manda o Estatuto da CNBB, o até então presidente, cardeal Sergio da Rocha, perguntou aos eleitos se aceitavam os encargos. Dom Walmor disse:“Aceito com humildade, aceito com temor e aceito à luz da fé”. Dom Jaime Spengler disse: “Com temor e tremor, acolho“. E dom Mário disse a dom Sergio e à assembleia aceitar a indicação e a confiança dos irmãos bispos em nome da Amazônia e do povo brasileiro.

Dados biográficos
 

Dom Walmor Oliveira de Azevedo nasceu em 26 de abril de 1954, dom Walmor é natural de Côcos (BA). É o primeiro baiano a estar à frente da CNBB. É doutor em Teologia Bíblica pela Pontifícia Universidade Gregoriana (Roma, Itália) e mestre em Ciências Bíblicas pelo Pontifício Instituto Bíblico (Roma, Itália).

Em sua trajetória de formação, cursou Filosofia no Seminário Arquidiocesano Santo Antônio (1972-1973), em Juiz de Fora (MG), e na Faculdade Dom Bosco de Filosofia, Ciências e Letras (1974-1975), em São João Del-Rei (MG). De 1974 a 1977, cursou Teologia no Seminário Arquidiocesano Santo Antônio, em Juiz de Fora. Em 9 de setembro de 1977 foi ordenado sacerdote, incardinando-se na arquidiocese de Juiz de Fora.

Foi pároco da paróquia Nossa Senhora da Conceição de Benfica (1986-1995) e da paróquia do Bom Pastor (1996-1998); coordenador da Região Pastoral Nossa Senhora de Lourdes (1988-1989); coordenador arquidiocesano da Pastoral Vocacional (1978-1984) e reitor do Seminário Arquidiocesano Santo Antônio (1989-1997). No campo acadêmico, lecionou nas disciplinas Ciências Bíblicas, Teologia e Lógica II; coordenou os cursos de Filosofia e Teologia. Em Belo Horizonte, foi professor da PUC-Minas (1986-1990). Também lecionou no mestrado em Teologia da PUC-Rio (1992, 1994 e 1995).

Dom Walmor Oliveira de Azevedo foi nomeado bispo auxiliar de Salvador (BA) pelo Papa São João Paulo II, no dia 21 de janeiro de 1998. Sua ordenação episcopal foi no dia 10 de maio do mesmo ano. Em 2004, foi nomeado arcebispo metropolitano de Belo Horizonte (MG), iniciando o ministério em 26 de março daquele ano. Em outubro de 2008, dom Walmor foi escolhido para ser um dos quatro representantes do Brasil na XII Assembleia Geral Ordinária do Sínodo dos Bispos, realizada em Roma.

Em 1999, dom Walmor foi secretário do Regional Nordeste 3 e membro da Comissão Episcopal de Doutrina da CNBB. A mesma Comissão que, já com o nome de Comissão Episcopal Pastoral para a Doutrina da Fé, presidiu entre 2003 e 2011, ou seja, por dois mandatos. É membro da Congregação para a Doutrina da Fé, no Vaticano, desde 2009. O arcebispo de Belo Horizonte também exerceu a presidência do Regional Leste II da CNBB – Minas Gerais e Espírito Santo.

Em fevereiro de 2014, foi nomeado pelo Papa Francisco membro da Congregação para as Igrejas Orientais. Desde 2010, o arcebispo é referencial para os fiéis católicos de Rito Oriental residentes no Brasil e desprovidos de ordinário do próprio rito.

 

Com mais de 15 livros publicados, dom Walmor é membro da Academia Mineira de Letras, Cidadão Honorário de Minas Gerais e dos municípios de Caeté e Ribeirão das Neves. O novo presidente da CNBB também foi agraciado com a Comenda Dom Luciano Mendes de Almeida, da Faculdade Arquidiocesana de Mariana, e com o título de Doutor Honoris Causa, da Faculdade Jesuíta de Filosofia e Teologia (2012).
 

Dom Jaime Spengler é natural de Gaspar, em Santa Catarina. O vice-presidente eleito nasceu em 6 de setembro de 1960. Ingressou na Ordem dos Frades Menores em 20 de janeiro de 1982, pela admissão no Noviciado na cidade de Rodeio (SC). Estudou Filosofia no Instituto Filosófico São Boaventura, em Campo Largo (PR), e Teologia no Instituto Teológico Franciscano, em Petrópolis (RJ), concluindo-o no Instituto Teológico de Jerusalém, em Israel. Foi ordenado sacerdote em 17 de novembro de 1990, na sua cidade natal.

O arcebispo tem doutorado em Filosofia pela Pontifícia Universidade Antonianum, de Roma, e atuou dentro da Ordem dos Frades Menores em diversas missões e cidades do país até 2010, quando foi nomeado no mês de novembro daquele ano pelo papa Bento XVI como bispo titular de Patara e auxiliar de Porto Alegre (RS).

No ano seguinte, em fevereiro de 2011, o bispo foi ordenado na paróquia São Pedro Apóstolo, na sua cidade natal, Gaspar, pelo núncio apostólico no Brasil, na ocasião, dom Lorenzo Baldisseri. Em 18 de setembro de 2013, o papa Francisco nomeou dom Jaime Spengler como novo arcebispo de Porto Alegre.

Em março de 2014, o papa Francisco nomeou dom Jaime Spengler como membro da Congregação para os Institutos de Vida Consagrada e Sociedades de Vida Apostólica. Em abril de 2015, na 53ª Assembleia Geral da CNBB, foi eleito presidente da Comissão para os Ministérios Ordenados e a Vida Consagrada da CNBB, para o quadriênio 2015-2019. Na ocasião, recebeu 205 votos de um total de 283 votantes, superando a maioria absoluta requerida no segundo escrutínio, que era de 143 votos. Também em 2015, o arcebispo foi eleito presidente do regional Sul 3 da CNBB, que corresponde ao estado do Rio Grande do Sul, para a gestão 2015-2019.
 

om Mário Antônio da Silva nasceu em Itararé (SP), em 17 de outubro de 1966. Estudou Filosofia e Teologia no Seminário Maior Divino Mestre, da diocese de Jacarezinho (PR). Possui mestrado em Teologia Moral pela Pontifícia Universidade Lateranense de Roma, na Itália.

No ano de 1991, foi ordenado padre em Sengés, no estado do Paraná, por dom Conrado Walter. Era chanceler da diocese de Jacarezinho quando foi nomeado bispo auxiliar de Manaus no dia 9 de junho de 2010. Escolheu como lema episcopal “Testemunhar e Servir”.

Sua ordenação ocorreu na Catedral de Jacarezinho, em 20 de agosto de 2010, em celebração presidida por dom Mauro Aparecido dos Santos, arcebispo de Cascavel (PR). A missa de acolhida na arquidiocese de Manaus aconteceu no dia 12 de setembro de 2010, na Catedral Metropolitana Nossa Senhora da Conceição.

Em 2015, foi eleito durante a 53ª Assembleia Geral da CNBB como presidente do regional Norte 1, que compreende o estado de Roraima e o norte do Amazonas, para o quadriênio de 2015-2019. Também é membro da Comissão para a Animação Bíblico-Catequética da CNBB. Em junho de 2016, foi nomeado pelo papa Francisco como bispo de Roraima, tomando posse em setembro do mesmo ano.

Outras Notícias
12/07/19
O Bom Samaritano
Nas celebrações do próximo domingo, o Evangelho a ser proclamado será a comovente Parábola do Bom Samaritano contada por Jesus para responder a pergunta de um doutor da Lei, sobre quem seria o seu próximo. No fim da narração, Jesus devolve a pergunta: “Na tua opini...
12/07/19
O perigo das tentações
Passamos por sucessivas crises políticas ocasionadas por escândalos também sucessivos, os quais vão vindo à tona  em tal quantidade que nos questiona nos obrigando a uma reflexão. Cada um faz a sua análise ou reflexão, de acordo com a realidade na qual está im...
11/07/19
As muitas faces da mesma caridade
São Camilo de Lellis, comemorado pela Igreja no dia quatorze de julho, fundador dos Ministros dos enfermos, “Camilianos”, foi um homem de tamanha piedade e compaixão pelos doentes e moribundos e por todos os pobres e miseráveis. Em sua atribulada e diversificada vida, experimentou o afeto fami...
11/07/19
Urgência da Paz
A onda de violência que tem sacudido o mundo de hoje, torna urgente o nosso empenho pela paz. Por isso, faço minha a bela e pungente mensagem do nosso irmão, Dom Gilson Andrade da Silva, Bispo diocesano de Nova Iguaçu, preocupado com a violência na sua região, a Baixada Fluminense, mens...
06/07/19
Igreja, Casa e Missão
06/07/19
Anunciar Jesus Cristo, hoje?
O texto bíblico, da liturgia católica deste domingo, tirado de Lucas 10,1-12.17-20, conta que Jesus escolheu discípulos e os enviou, na “sua frente, a toda cidade e lugar onde ele próprio devia ir”. Faz recomendações sobre como deveria ser a postura deles e descreve alguma...
01/07/19
Vaticano reafirma que segredo de confissão é inviolável
A Penitenciaria Apostólica do Vaticano publicou uma nota reiterando a inviolabilidade do Sacramento da Confissão
01/07/19
Canonização de Irmã Dulce será no dia 13 de outubro
Canonização da beata brasileira e de mais quatro beatos foi anunciada nesta segunda-feira, 1, após Consistório Ordinário Público presidido pelo Papa
01/07/19
Papa presenteia Bartolomeu I com relíquia de São Pedro
Francisco presenteou o Patriarca Bartolomeu com um relicário contendo uma relíquia de São Pedro, por ocasião da festa dos Santos Pedro e Paulo
28/06/19
Papa ao Apostolado da Oração: o coração da missão da Igreja é a oração
Francisco recebeu Apostolado da Oração nesta sexta-feira, 28, em audiência
26/06/19
“Não há lugar para o egoísmo na alma do cristão”, afirma Papa
A primeira comunidade cristã foi o tema da última catequese antes da pausa de verão; Francisco retornará com o compromisso no dia 7 de agosto
24/06/19
Três novos arcebispos brasileiros vão receber o pálio das mãos do Papa
Neste sábado, 29, Solenidade dos Santos Apóstolos Pedro e Paulo, o Papa Francisco preside a tradicional missa durante a qual entrega o pálio aos novos arcebispos metropolitanos. Desta vez, os brasileiros serão três: Dom Dario Campos, da Arquidiocese de Vitória (ES), Dom Jo&at...
24/06/19
A natividade de São João Batista, o profeta do Altíssimo, é celebrada neste dia 24 de junh
No dia 24 de junho, a Igreja celebra a solenidade litúrgica do nascimento de João Batista. Segundo o arcebispo do Rio de Janeiro, cardeal Orani João Tempesta, João Batista e a Virgem Maria são os únicos em que a liturgia lembra o nascimento. “Os demais santos são comemora...
22/06/19
Aos médicos católicos, Papa indica "escola de Jesus"
Em audiência no Vaticano, Papa afirmou que “curar significa iniciar um percurso: um caminho de alívio, consolação, reconciliação e cura”
22/06/19
Papa anuncia tema da Jornada Mundial da Juventude 2022 em Lisboa
O anúncio foi feito neste sábado, 22, em audiência aos jovens que participaram do Fórum Internacional para promover a atuação do Sínodo 2018
15/06/19
Papa: “O amor ao próximo não consiste em palavras, mas em obras”
Em mensagem, Francisco afirmou que o cristianismo deve influir positivamente na vida moral e pública
15/06/19
Viver em comunidade
A liturgia celebra, neste domingo, a solenidade da Santíssima Trindade. Os ensinamentos de Jesus Cristo revelaram três pessoas divinas, mas três pessoas num só Deus. Escreve o evangelista: “Quando, vier o Espírito da Verdade, ele vos conduzirá à plena verdade. Pois ele n&at...
11/06/19
A falta de Deus leva as pessoas a atos violentos, afirma Dom Orani
Em entrevista ao Vatican News, o Cardeal Orani João Tempesta, falou sobre as perseguições contra os cristãos no mundo
11/06/19
Papa: a relação de gratuidade com Deus nos ajuda a servir os outros
Não há relação com Deus fora da gratuidade foi o afirmou o Papa Francisco durante homilia da missa desta terça-feira, 11, na Casa Santa Marta Da redação, com Vatican News
27/05/19
A tarefa do Espírito Santo é ajudar a humanidade, afirma Francisco
Durante o Regina Coeli, o Santo Padre falou da importância da presença do Espírito Santo na vida da Igreja e dos fieis
 
Santuário Eucarístico Diocesano
Paróquia Nossa Senhora de Fátima | WebMail
Praça João XXIII S/N - CEP 87200-000
Caixa Postal 152 | Cianorte - Paraná
Fone-Fax (44) 3619-1493