Notícias
16 de Maio de 2019
Papa: O Senhor nos dá a paz, mas devemos pedir ‘livrai-nos do mal’
Francisco deu continuidade nesta quarta-feira, 15, ao seu ciclo de catequeses sobre a oração do Pai Nosso

“Do perdão de Jesus na Cruz brota a paz, a verdadeira paz vem de lá (…). O Senhor nos dá a paz, nos dá o perdão, mas nós devemos pedir ‘livrai-nos do mal’, para não cair no mal. Esta é a nossa esperança”. Foi o que afirmou o Papa Francisco nesta quarta-feira, 15, diante dos milhares de fiéis presentes na Praça São Pedro para a Audiência Geral. O Santo Padre deu continuidade ao ciclo de catequeses sobre a oração do Pai Nosso, e falou sobre a expressão “Livrai-nos do mal!”.

A expressão tema da reflexão da Audiência Geral desta quarta-feira, 15, é usada pelos fiéis, segundo o Pontífice, não somente para pedirem para não serem abandonados no tempo da tentação, mas também como súplica para serem libertados do mal. “O verbo grego original é muito forte: evoca a presença do maligno que nos rodeia e quer nos devorar (cf 1 Pe 5, 8) e do qual pedimos a Deus a liberação”, completou.

Jesus ensina aos seus amigos, de acordo com o Santo Padre, a colocarem a invocação do Pai antes de tudo, até mesmo e especialmente nas vezes em que o maligno se faz presença ameaçadora. “A oração cristã é uma oração filial e não uma oração infantil (…). Se não existissem as últimas palavras do ‘Pai Nosso’, como os pecadores, os perseguidos, os desesperados, os moribundos poderiam rezar?”, questionou Francisco, que explicou:

“Há um mal em nossa vida, que é uma presença indiscutível. Os livros de história são o desolador catálogo de quanto a nossa existência neste mundo tem sido uma aventura muitas vezes fracassada. Há um mal misterioso, que certamente não é obra de Deus – sim, não é obra de Deus –, mas penetra silencioso entre as páginas da história. Silencioso como a serpente que carrega o veneno silenciosamente. (…) Em alguns momentos parece até mesmo assumir o controle: em certos dias, sua presença parece até mesmo mais nítida do que aquela da misericórdia de Deus. Nos momentos do desespero é mais nítida”, enfatizou o Pontífice.

Francisco alertou que a pessoa que reza não é cega, e vê com clareza diante de seus olhos o mal que é tão presente na sociedade e tão contraditório ao mistério próprio de Deus. “Não há ninguém entre nós que possa dizer estar isento do mal, ou de não ser ao menos tentado. Todos nós sabemos o que é o mal, todos nós sabemos o que é a tentação, todos nós experimentamos na própria carne a tentação, de qualquer pecado. Mas o tentador que nos sugere – faz isto, pensa isto, vai por aquele caminho – nos leva ao mal”, completou.

O último grito do “Pai Nosso” é lançado, segundo o Pontífice, contra este mal que ele caracterizou por “abas largas” e que abarca as mais diversas experiências: o luto do homem, a dor inocente, a escravidão, a instrumentalização do outro, o choro de crianças inocentes. “Todos esses eventos clamam no coração do homem e tornam-se voz na última palavra da oração de Jesus”, observou. O Papa relembra que precisamente na narrativa da Paixão, algumas expressões do “Pai Nosso” encontram seu eco: “Abbà! Pai! Tudo é possível para ti. Afasta de mim este cálice! Contudo não seja o que eu quero, mas o que tu queres”.

“Jesus experimentou plenamente o ferimento do mal. Não somente a morte, mas a morte na Cruz. Não somente a solidão, mas também o desprezo, a humilhação. Não somente a aversão, mas também crueldade, a hostilidade contra ele. Eis o que é o homem: um ser devotado à vida, que sonha o amor e o bem, mas que depois continuamente expõe a si mesmo e seus semelhantes ao mal, a ponto de sermos tentados a nos desesperarmos com o homem”, sublinhou Francisco.

Para o Santo Padre, o cristão sabe quão subjugador é o poder do mal e, ao mesmo tempo, experimenta o quanto Jesus está ao seu lado e vem ao seu auxílio. “Assim, a oração de Jesus nos deixa a mais preciosa das heranças: a presença do Filho de Deus que nos libertou do mal, lutando para convertê-lo. Na hora do combate final, intima a Pedro para embainhar a espada, ao ladrão arrependido assegura o Paraíso, a todos os homens ao seu redor, inconscientes da tragédia que estava ocorrendo, oferece uma palavra de paz: ‘Pai, perdoai-os, porque não sabem o que fazem’”, frisou.

Outras Notícias
15/06/19
Papa: “O amor ao próximo não consiste em palavras, mas em obras”
Em mensagem, Francisco afirmou que o cristianismo deve influir positivamente na vida moral e pública
15/06/19
Viver em comunidade
A liturgia celebra, neste domingo, a solenidade da Santíssima Trindade. Os ensinamentos de Jesus Cristo revelaram três pessoas divinas, mas três pessoas num só Deus. Escreve o evangelista: “Quando, vier o Espírito da Verdade, ele vos conduzirá à plena verdade. Pois ele n&at...
11/06/19
A falta de Deus leva as pessoas a atos violentos, afirma Dom Orani
Em entrevista ao Vatican News, o Cardeal Orani João Tempesta, falou sobre as perseguições contra os cristãos no mundo
11/06/19
Papa: a relação de gratuidade com Deus nos ajuda a servir os outros
Não há relação com Deus fora da gratuidade foi o afirmou o Papa Francisco durante homilia da missa desta terça-feira, 11, na Casa Santa Marta Da redação, com Vatican News
27/05/19
A tarefa do Espírito Santo é ajudar a humanidade, afirma Francisco
Durante o Regina Coeli, o Santo Padre falou da importância da presença do Espírito Santo na vida da Igreja e dos fieis
25/05/19
Nossa Senhora Auxiliadora: devoção que atravessa o tempo
Maio, mês em que se é celebrado o dia das Mães, é também dedicado a Mãe do Salvador
25/05/19
Palavra de Deus indica: humildade, comunhão e renúncia, afirma Papa
Francisco celebrou nesta quinta-feira, 22, uma missa por ocasião da 21a Assembleia Geral da Caritas Internationalis
25/05/19
Devotos aguardam, com alegria, a data da canonização de Irmã Dulce, o “Anjo Bom da Bahia”
Irmã Dulce será proclamada santa! Esta é a notícia que percorre o mundo e enche de alegria os corações dos fiéis, de forma particular, os da arquidiocese de Salvador desde o dia 14 de maio, quando a Santa Sé divulgou que o segundo milagre por intercessão do &ldquo...
22/05/19
Em cerimônia, Brasil é consagrado ao Imaculado Coração de Maria
Evento aconteceu no Palácio do Planalto na tarde desta terça-feira, 21; ofício foi apresentado pelo deputado federal Eros Biondini
22/05/19
Paz de Jesus ajuda a suportar dificuldades na vida, afirma Papa
Na homilia da missa desta terça-feira, 21, Francisco comentou a promessa de Jesus aos discípulos: “Deixo-vos a paz, a minha paz vos dou”
20/05/19
Amai-vos uns aos outros’, pede o Santo Padre durante Regina Coeli
Francisco, em sua tradicional oração mariana, lembrou esta passagem do Evangelho em que Jesus fala do amor ao próximo
20/05/19
18 de maio: Igreja recorda nascimento de São João Paulo II
Neste sábado, 18, o santo completaria 99 anos de vida; fiéis devotos no mundo inteiro recordam o Papa da Juventude
18/05/19
Papa aos missionários: novos horizontes pastorais
Papa Francisco recebeu os participantes no Capítulo Geral da Sociedade da Missões Africanas nesta sexta-feira, no Vaticano
18/05/19
Papa anuncia tema do Encontro Mundial das Famílias 2021
“Amor familiar: vocação e caminho de santidade”, é o tema do próximo Encontro Mundial das Famílias
15/05/19
Cardeal Tagle aos fiéis: viver como Jesus, a partir do exemplo de Maria
Em Portugal, cardeal filipino celebrou a missa desta segunda-feira, 13, dedicada a Nossa Senhora de Fátima e desafiou os cristãos a viverem o Evangelho
14/05/19
Papa Francisco esteve em Fátima em 2017, por ocasião do Centenário das Aparições
O Papa Francisco recordou, na manhã deste 13 de maio, em mensagem no Twitter, o dia de Nossa Senhora de Fátima. “Maria, Virgem de Fátima, temos a certeza que cada um de nós é precioso aos teus olhos e que nada te é desconhecido de tudo o que habita os nossos cora&c...
14/05/19
Regina Coeli: “Jesus é o verdadeiro pastor do povo de Deus”, afirma Papa
Em sua tradicional saudação dominical, Francisco também não se esqueceu das mães de todo o mundo
14/05/19
Papa ordena 19 sacerdotes:
A Diocese de Roma ganhou 19 sacerdotes; todos foram ordenados pelo Papa Francisco
10/05/19
Na Missa, Papa pede que cristãos se abram à voz do Senhor
Francisco celebrou a Missa na capela da Casa Santa Marta e na homilia comentou o liturgia do dia, extraída dos Atos dos Apóstolos
09/05/19
"A caridade se faz com doçura, não com acidez", diz Papa na Catequese
Francisco compartilhou com os fiéis os momentos mais emocionantes de sua recente visita à Bulgária e Macedônia
 
Santuário Eucarístico Diocesano
Paróquia Nossa Senhora de Fátima | WebMail
Praça João XXIII S/N - CEP 87200-000
Caixa Postal 152 | Cianorte - Paraná
Fone-Fax (44) 3619-1493